#LITERATURA "Seu Pai, Sua Mãe..." (O Conto de Paulo Emmanuel)


O carro vinha em alta velocidade quando, de repente, saiu de trás de uma árvore um guarda tocando uma barulhenta sirene e o mandou parar.
O guarda disse que ele havia passado do limite de velocidade que era de oitenta quilômetros por hora.
O motorista engoliu seco e disse que estava com pressa por que tinha que chegar à fazenda da sua irmã, por que a vaca Sua mãe iria dar cria.
O guarda irritado com a explicação, disse que se ele insistisse com aquela brincadeira iria ser preso.
O motorista replicou e disse que, se não chegasse logo, a vaca Sua mãe poderia dar cria e ter problemas no parto. O guarda irritou-se mais ainda e disse que iria prendê-lo por desacato à autoridade.
O guarda o levou para a delegacia e o apresentou ao delegado.
Dr. Delega, estou prendendo este sujeito porque ele me desacatou chamando minha mãe de vaca.
- E como é o nome da vaca? Perguntou o delegado.
- Sua mãe! Respondeu o guarda.
O delegado retrucou .
- O senhor tá chamando minha mãe de vaca?
- Não, senhor. Gaguejou o guarda.
Antes de falar mais alguma coisa o guarda e o motorista foram colocados na prisão. Ambos por desacato.
Neste momento outro motorista em alta velocidade foi parado por um outro guarda e este o interpelou do porquê da alta velocidade.
O sujeito disse que estava com pressa porque o touro Seu pai estava com carrapato no rabo.
Como??? perguntou o guarda.
O "Seu pai" está com carrapato no rabo. Disse o sujeito.
Como ousa dizer que meu pai está com carrapato no rabo????
Teje preso. Insolente.
E o levou pra delegacia.
Lá chegando o apresentou ao delegado.
Dotô Delega. Estou prendendo este sujeito por que além de estar acima do limite de velocidade, ainda ofendeu meu pai.
Ele disse que o touro Seu pai está com carrapato no rabo.
- O delegado furioso disse:
- De novo ????
- Como ousa dizer que o meu pai está com carrapato no rabo?
-Não seu delega, balbuciou o guarda.
É o touro....
- Como???
Além de dizer que meu pai tá com carrapato no rabo, ainda o chama de touro???
Teje preso!
E trancou os dois junto com os outros dois no mesmo xadrez.
O Superintendente neste dia foi fazer uma vistoria na delegacia e quando viu aquele monte de gente presa perguntou pro delegado o que estava acontecendo.
O Delegado disse:
É o seguinte seu super.
- Prendi estes elementos por que eles disseram que Sua mãe estava pra dar cria e o Seu pai estava com carrapato no rabo.
O quêêê????
Como ousa me dizer uma barbaridade dessa???
O senhor também está preso.
E trancou o delegado junto com os outros.
Aí chegou o governador que passava por aquelas bandas e quando viu aquele monte de gente perguntou pro superintendente o que estava acontecendo e ele disse:
Prendi estes elementos por que disseram que a vaca da sua mãe tinha dado cria e o rabo do corno do seu pai tava cheio de carrapato.
Nisso a confusão foi ficando grande e a cadeia foi ficando pequena.
Enquanto isso Sua mãe e Seu pai pastavam tanquilamente alheios a toda àquela confusão.

Texto & Arte © Paulo Emmanuel





© Paulo Emmanuel
É bicolor, cartunista, chargista, ilustrador, quadrinhista, modelador, artista plástico, e jornalista profissional desde 1987. Começou profissionalmente no Jornal “A Província do Pará”, onde atuou como diagramador, ilustrador, chargista e editor. Publicou ilustrações em jornais sindicais , instituições e revistas de humor em nível nacional, como MAD, Mil Perigos e Metal Pesado.  Tem premiação internacional e foi duas vezes finalista do Salão Internacional do  PortoCartoon  ( Portugal) – conquistando uma menção honrosa em 2010. Premiado nos salões da Amazônia -2009 e Manaus- 2014. É Diretor de cultura do IPF-DH ( Instituto Paulo Fonteles de Direitos Humanos).
Tecnologia do Blogger.