#BENGSTON “Pastor condenado por corrupção não vai ser preso porque tem mais de 70 anos"




Enquadrado nos crimes de formação de quadrilha, corrupção passiva, e lavagem de dinheiro, o líder da Igreja Quadrangular e do PTB, deputado Josué Bengtson foi condenado a 5 anos e 6 meses, mas a pena foi prescrita porque ele tem mais de 70 anos de idade.
Ele é acusado  de colocar emendas no Orçamento-Geral da União para a compra de ambulâncias superfaturadas em esquema ilegal liderado pela empresa Planan, no âmbito do caso dos "SANGUESSUGAS",  também conhecido como “máfia das ambulâncias”.
O “escândalo do sanguessugas” estourou em 2006 devido à descoberta de uma quadrilha que tinha como objetivo desviar dinheiro público destinado à compra de ambulâncias. Uma CPI recomendou na altura a cassação do mandato de Bengston.

Mais informações sobre a condenação do religioso: http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=4288916) 


                                                   Fonte © #TRIBUNADOSALGADO
Tecnologia do Blogger.