#DENÚNCIA > “Áudios atribuídos a chefe de gabinete comprometem secretário de educação, governo Raimundão, e Câmara de Vereadores de Bragança do Pará”

Um escândalo de grandes proporções políticas pode vir a acontecer no Município de Bragança do Pará caso sejam comprovadas as autenticidades dos áudios divulgados em redes sociais e atribuídos ao secretário executivo de gabinete do prefeito Raimundo Oliveira, Tiago Santos Costa. em Bragança do Pará.
Nos áudios, a voz que seria de Tiago, solicita aos vereadores (sem, entretanto, especificar o nome de nenhum deles) urgência na indicação de nomes que supostamente teriam sido encaminhados ao Programa “Mais Educação”, do Governo Federal.
O áudio se refere a uma reunião que definiria o enquadramento de pessoas indicadas por vereadores para atuar nas escolas públicas municipais no âmbito do programa Federal, o que poderia revelar a promíscua interferência entre poderes públicos municipais para lotar pessoas em escala federal.
Até o momento, nem Prefeitura, nem Câmara, e nem Secretaria de Educação, e muito menos a Chefia de Gabinete se pronunciaram sobre o ocorrido, mas fontes informaram que a promotora de justiça Maria José Vieira de Carvalho Cunha, titular da Promotoria de Justiça de Capanema, em exercício no 1º cargo de Bragança, já teria intimado os vereadores e demais envolvidos na questão para averiguar a autenticidade das gravações, e do mesmo modo os seus conteúdos.
A suposta revelação de negociações para nomeações de servidores sem necessidades de concursos públicos toma conta dos bastidores da política local, atraindo, para além do foco à SEMED, especulações sobre uma possível queda do atual secretário, e comentários diversos sobre supostas contratações de veículos sem necessidades, além de outros problemas, como os transtornos dos alunos pela falta de transporte escolar na rede pública municipal.
Responsavelmente, procuramos o secretário de educação municipal, na SEMED, e o chefe de gabinete, na prefeitura, na tarde desta quinta-feira, 25 de maio, sem que os tivéssemos localizado - para esclarecer as questões suscitadas pelo vazamento do áudio, aos quais este Jornal teve acesso, sendo os mesmos transcritos, para postagens em blogs, e redes sociais, e para veiculação no programa radiofônico TRIBUNA DA SEMANA, e posteriormente, encaminhado ao Ministério Público pelo jornalista, poeta e realizador de cinema Francisco Weyl, autodenominado Carpinteiro de Poesia, editor e diretor deste Jornal.

TRANSCRIÇÃO DOS ÁUDIOS ATRIBUÍDOS AO SENHOR THIAGO
SECRETÁRIO DE GABINETE DA PREFEITURA DE BRAGANÇA DO PARÁ

ÁUDIO 1 – “Queria só pedir aos, aos vereadores, que, amanhã - aquelas pessoas que vocês indicaram - que vocês encaminhem, às onze e meia, pra cá, pro, pra Semed, pra uma reunião, às onze e meia, porque a gente não conseguiu entrar em contato, teve gente que não atendeu telefone, tudinho, então, como vocês sabem quem vocês indicaram, então, por favor, encaminhem pra cá, pra, pra secretaria de educação, tá, muito obrigado, boa noite, até amanhã se deus quiser...”

ÁUDIO 2 – “Mais uma vez, boa noite, meus vereadores, eu só queria pedir um favor, eu preciso dos nomes, do pessoal – isso, pra quem não levou os nomes ainda, o pessoal do mais educação -  eu preciso desses nomes até amanhã, no mais tardar, nove horas, porque precisa ser feito logo o encaminhamento do pessoal que vai trabalhar, então, não pode passar de amanhã, então, preciso que os senhores agilizem isso aí, pra mim, por favor, quem não levou ainda, até nove horas, se não vai ficar impossível pegar e segurar essas vagas por mais tempo, porque o pessoal, no caso, na terça-feira, já tem que tá sendo encaminhado pras escolas, tá,  agradeço a atenção de todos, e a compreensão, também, tá, boa noite...”

video


                                                    Fonte © #TRIBUNADOSALGADO

Tecnologia do Blogger.