#CRISE “Vereadores já falam em medidas jurídicas para ficar fora do escândalo dos áudios vazados”

Pelo menos dois vereadores já anunciaram que vão tomar medidas jurídicas contra o secretário executivo de gabinete da prefeitura de Bragança, Tiago Santos Costa, que até o momento não fez nenhum comunicado oficial sobre áudios que circulam em redes sociais e que são a ele atribuídos.
De acordo com esses vereadores, Tiago tem que esclarecer sobre as gravações, nas quais ele negociaria cargos com os vereadores que supostamente teriam indicado nomes ao programa federal + Educação.
O primeiro vereador a se manifestar publicamente foi Rivaldo Miranda, ex-secretário de cultura.
Ele repudia que seu nome seja envolvido em situações desta natureza.
Rivaldo chegou mesmo a ameaçar tomar providências jurídicas para preservar o seu nome deste escândalo.
Outro que disparou contra Tiago foi o ex-vereador Preto do Gás, que chegou mesmo a pedir a renúncia do chefe de gabinete do prefeito Raimundo Oliveira.
Estes são os primeiros sinais de resistência no Legislativo Municipal diante das denúncias que envolvem – para além do secretário de gabinete - o secretário municipal de educação.

                                     Fonte © #TRIBUNADOSALGADO


Tecnologia do Blogger.