#RESISTÊNCIA “Movimentos sociais de Bragança apoiam greve nacional contra Reforma da Previdência”


Os movimentos sociais e os sindicatos que representam trabalhadoras e trabalhadores bragantinos vão às ruas nesta quarta-feira (15), contra as reformas da Previdência e do trabalho.
Haverá um Ato Unificado do sindicato dos professores; dos trabalhadores em saúde; dos correios; além de alguns movimentos estudantis secundaristas, que prometem se concentrara a parir das oito horas da manhã na Praça da Bandeira, Centro de Bragança.
A população é convocada a aderir a um dia de greve geral pela garantia de direitos, que tem previsões de atos públicos em diversos municípios e capitais brasileiros, além da interrupção de atividades em diversos locais de trabalho, atraso na entrada de turnos, e assembleias.
E os serviços  públicos deverão ser afetados  com a paralisação de servidores, principalmente professores públicos e previdenciários não satisfeitos com prejuízos como o aumento da idade mínima para aposentadoria, que será de 65 anos para homens e mulheres, além da exigência de 49 anos de contribuição para ambos.


                                                  Fonte © #TRIBUNADOSALGADO
Tecnologia do Blogger.