#6POR1/2DÚZIA “Ex-secretário de cultura vai para agricultura bragantina”


Eleito como promessa de mudança, “Raimundão” só não manteve o professor Aleno Miranda na secretaria de cultura porque a deputada Simone Morgado exigiu que o seu desafeto deixasse a pasta para que o PMDB apoiasse o novo prefeito de Bragança do Pará.
A deputada retirou o apoio de sua emenda ao show de final de ano da Seculd, segundo se sabe, por suspeitas de superfaturamentos nos cachês artísticos, fato contestado pela secretaria, que indica inclusive aprovação do projeto pelo Sincov.
Jamais os dois se expuseram tanto, publicamente, mas deve ter sido por uma boa causa, até porque, convenhamos, o cidadão comum nunca sabe sobre as transações financeiras que envolvem estes eventos, o assunto fica na coxia, nada transparente.
E assim começou o governo do Raimundão, mas vamos combinar que o ex-secretário de cultura não entendia muito bem de cultura, muito menos ainda de agricultura, mas mesmo assim, vai cuidar de uma área estratégica para Bragança.
Isso demonstra a falta de propostas deste governo para a Agricultura, até porque, se as tivesse, já as tinha apresentado, inclusive com um gestor a altura da pasta, o que não é o caso do professor Aleno, cuja gestão na cultura deixou muito a desejar.
Se ele tem de ser responsabilizado, deve-se conceder a ele o mérito de negociar a aprovação da Lei Municipal de Cultura, entretanto, apesar de ter sido definido por cidadãos que se dedicaram à efetivação da Lei, o Conselho não foi instaurado.
Perde o Município e perde o governo, que se mostra desequilibrado ao lidar com a diplomacia política, assim sendo, Aleno caiu para cima, mantendo-se no Poder, pela força do vereador reeleito, Gleidson Miranda, que promete bater duro no prefeito, caso ele defenestre seu irmão.
Mas não vamos descurar do xadrez político municipal, já que o nome de Rivaldo Miranda tem influência na área social e cultural, de onde vieram alguns dos 1.261 votos que o elegeram à Câmara pelo PMDB.
Sua ascensão ao secretariado e a entrada da vereadora Fabrícia Guimarães na Câmara revela que os acordos políticos no Legislativo Municipal são diferentes daqueles firmados nas eleições majoritárias.
Vamos ver o que os novos vereadores têm para mostrar nas sessões camarárias, e se serão mais competentes do que os desta legislatura, muitos dos quais sem nenhum preparo administrativo e jurídico para o cargo.
Estamos de olho!

Bragança do Pará, 6 de Janeiro de 2017
Carpinteiro de Poesia



Lista dos novos secretários municipais

Alcides Oliveira Neto, secretário de administração.

Tatiana Ferreira Rodrigues, secretário de Financias.

Tiago Santos Costa,
secretário executivo de gabinete.

Luis Augusto Soares (Isis), secretário de Educação.

Mario Ribeiro da Silva Junior, secretário de Saúde.

Aleno Miranda, secretário de agricultura.

Eliena Ramalho dias, secretário de promoção e ação social.

Rivaldo (vereador), secretário de cultura e desportos.

Carlos Augusto Dias Lobo, secretário de infraestrutura.

Marceli Castanho (Constrular), secretário planejamento e coordenação de obras.

Elói Araújo, secretário de economia e pesca.

Lauro Silva Cordeiro, secretário de Meio Ambiente.

Amarildo da Silva Leite, Procurador Geral do Município.
       
Fonte © #TRIBUNADOSALGADO / Foto PREFEITURA MUNICIPAL DE BRAGANÇA
Tecnologia do Blogger.