#TCHAUQUERIDO “Padre foi o grande derrotado nas urnas de Bragança”

Padre Nelson ficou em quarto lugar, com 4.848 votos (7,62 % do eleitorado).
Ele concorria com uma aliança entre os partidos  PPS / PSB / PHS / PRB / PDT.
É óbvio que a herança maldita dos governos passados atravessou e atrapalhou a sua gestão, que não reverteu viciados processos já instalados como vírus no sistema administrativo municipal.
Mas, o seu governo não compreendeu a necessidade de uma gestão unificada, com um comando para tomar decisões imediatas, e equilibradas.
À falta de um articulador político, criaram-se pequenos grupos partidários, com o isolamento do gestor até mesmo dentro de seu partido, o PT, com o qual ele rompeu numa estratégia de marketing.
E nem mesmo as duas vitórias do partido na presidência da Câmara Municipal o  credenciaram como liderança de fato nas esferas de Poder Executivo e Legislativo.
Ademais, os seus “aliados” mal escolhidos e defenestrados dos processos políticos lhe trouxeram diversos problemas que ele não administrou.
E isso contribuiu para o crescimento de grupos e o seu isolamento enquanto gestor.
Sem comunicação, a qual ele não dava nenhum tipo de apoio, passou a governar com os “ouvidos”, pelo que lhe diziam, sem análises coletivas e consistentes.
E assim “empurrou” o seu governo.
Não conseguiu comunicar, nem do governo para o governo, e muito menos a partir de suas ações, para o público.
Não mostrou indicadores de gestão, em nenhuma área.
O Município não sabe como era antes e não tem a menor ideia de como é agora, depois do Padre.
Do mesmo modo, não construiu o lugar da análise e da avaliação, o lugar da crítica e da proposição.
Desorganizado, e até teimoso, afastou de si aqueles nos quais mais poderia confiar, e valorizou “golpistas”.
Vai agora amargar um ostracismo, porque raramente vai conquistar mais uma vez a confiança dos bragantinos.

Veja como ficou a votação final:

Sequencial       Número     Nome     Partido/Coligação    Votos     % Válidos
 * 1     45     RAIMUNDÃO     PSDB - PSDB / DEM / PC do B / PSD / PMN / PROS / PT do B / PEN    27.437     43,10 %
 2     15     EDSON OLIVEIRA     PMDB - PMDB / PP / PT / PTB / PR / PSDC / PSC    22.138     34,78 %
 3     54     VANDERLEI BALTAZAR     PPL    6.434     10,11 %
 4     23     NELSON MAGALHÃES     PPS - PPS / PSB / PHS / PRB / PDT    4.848     7,62 %
 5     36     GERSON PERES FILHO     PTC - PTC / PRTB / PSL    2.803     4,40 %

Fonte © #TRIBUNADOSALGADO
Bragança > 2 de Outubro de 2016


EXPEDIENTE > TRIBUNA DO SALGADO (tribunadosalgado@gmail.com) DIRETOR/EDITOR/JORNALISTA RESPONSÁVEL: Francisco Weyl (DRT-Pa: 2161) / DIRETORA DE PRODUÇÃO: Dri Trindade ENDEREÇO: Avenida Marechal Floriano Peixoto, 1613, Centro, Bragança, Pará, CEP: 68.600-000 (Telefone: 0055-91 – 988212419). Ideias, críticas e sugestões serão bem vindas, mas ao escrever para o jornal, é necessário informar RG e CPF, endereço completo e contatos de fone e email. Este jornal não publica cartas e denúncias anônimas ou acusações sem provas e os artigos são de responsabilidade dos seus autores.
Tecnologia do Blogger.