#ACADEMIA “Poetas Manoel Ramos e Girotto Brito se tornam imortais”


Duas das maiores expressões da nova poesia produzida em Bragança do Pará garantiram seu espaço entre os imortais da Academia de Letras do Brasil – Seccional Bragança.
A decisão foi tomada em reunião de diretoria, realizada na semana passada, mas que apenas esta semana está a ser divulgada.
Além deles, outras expressões da cultura e da sociedade municipal adentram a Academia, de acordo com o seu presidente regional, o professor e escritor Ribamar Oliveira.
Depois do falecimento da professor Fátima, a ALB-Braga abriu edital público, vencido pelo escritor Denis Girotto de Brito.
“O neoacadêmico Prof. Denis Brito ocupará a cadeira número 36, que era de Maria de Fátima Monteiro Ferreira”, esclarece o presidente regional.
O presidente também esclarece que o poeta Manoel Ramos vai ocupar a cadeira 19 ( Estatuto (Art 7; e Regimento Interno, Art. 16).
A cadeira de Nº 44 será ocupada por Maria do Socorro Braga; a cadeira Nº 45, por Jaqueline Araújo da Silva;  a cadeira de Nº  46, por Francisco Pereira de Oliveira; a cadeira de Nº 48, Luís Henrique Brito Ferreira ; a cadeira de Nº 49, por Milton Mateus Lobão; e a cadeira de Nº 50, por Marcos Morelle Azevedo Cruz.
“Dessa forma, chegamos ao quadro de sócios efetivos da ALB, e ainda poderemos efetuar novas adesões, por força estatutária, depois do recadastramento que a ALB está a fazer entre seus associados”, explica.
A posse acadêmica vai acontecer dia 14 de Dezembro, em solenidade festiva, no auditório da UFPA - Campus de Bragança.

Imortais em pose durante cerimônia de posse de neocadêmicos realizada em 2015 no Museu da Marujada

Fonte © #TRIBUNADOSALGADO

Tecnologia do Blogger.