#CARPINTEIRO "Bragança é uma cidade pequena, todo mundo se conhece"

Bragança > 4 de Setembro de 2016

Bragança é uma cidade pequena, todo mundo se conhece.
Praticamente vizinho, até se mete na vida alheia.
Sabe o que faz, com quem anda, se tem dívida.
Onde trabalha, se tem, ou não tem dinheiro.
Mas, mesmo assim, e talvez por isso mesmo, tem muita fofoca.
Inventa-se de tudo, sobre todos.
Cada dia, uma novidade, sobre ciclano, e beltrano.
E olha, que nem sou fofoqueiro.
Não me interesso pela vida das pessoas.
Concentro-me no meu trabalho de jornalista.
E nas tarefas da casa, almoço, jantar, café.
Mas, mesmo assim, e talvez por isso mesmo, tem muita fofoca.
De minha parte, quanto mais falarem, melhor.
Trabalho com rádio cipó, preciso reverberar.
Nas redes e nas ruas.
Meia Bragança já ouviu falar do Carpinteiro.
A outra metade sabe exatamente quem ele é.
Dizem que ele é do PT, que recebe dinheiro do Padre.
Que o jornal dele é vendido.
Eu, fico de bubuia, na minha.
Não que isso não me incomode.
Mas sou um defensor dos direitos humanos.
Defendo a livre manifestação do pensamento, ainda que farsante e fascista.
Defendo a imprensa livre e a liberdade de expressão.
Além dos direitos fundamentais da pessoa humana.
E professo minha solidariedade a luta das mulheres, dos negros, das comunidades tracionais, dos povos indígenas, e das comunidades Trans, e LGBTs.
Eu me identifico com as lutas sociais.
Sou anarquista, mas não sob a perspectiva teórica.
Apenas da boca para fora.
Porque, por exemplo, defendo o Voto como arma contra a corrupção.
Ainda acredito nas Instituições públicas, ainda que muitos de seus gestores tenham me provocado a sensação de que não mais devo crer nelas.
Nem neles.
Então, eu não me incomodo.
Até porque tenho a minha consciência limpa, filho de quem eu sou, os pais que eu tive, e a moral sob a qual me educaram.
Incomodo-me, sim, mas não respondo, porque, nem vale a pena.
Tenho mais o que fazer, focar na cena que eu escolhi.
Jornalismo sincero e opinativo.
Investigativo.
E inteligente.
Ético.
E estético.
Escrito pro quem sabe escrever.
Por quem não tem medo de escrever.
Tô de boa com o mundo.
Em paz com esta coerência de quem acredita na democracia.
E tem compromisso com as causas de seu tempo.


© Carpinteiro de Poesia





 #TRIBUNADOSALGADO > EDITOR/JORNALISTA RESPONSÁVEL: Francisco Weyl (DRT-Pa: 2161) Avenida Marechal Floriano Peixoto, 1650, Centro, Bragança, Pará, CEP: 68.600-000 (Telefone: 0055-91 –  988212419) 


                                                     Fonte © #TRIBUNADOSALGADO
                                         (Texto Carpinteiro de Poesia / Foto #NeomaBrito)
Tecnologia do Blogger.