#SACRIFÍCIO “Presidente da Câmara de Bragança não será candidata”

Bragança > 5/8/2006 >





Eleita com 1.770 votos pelo PR, a atual presidente da Câmara de Bragança, Irene dos Santos Farias, não vai ser candidata a vereadora.

O nome dela foi vetado na lista de seu partido por motivo de infidelidade partidária.


Ela preferiu se aliar ao Padre, quando o líder de seu partido, Nadson Monteiro, deixou de ser o vice do Padre para se tornar o vice de Edson Oliveira (PMDB).

Irene entrou em rota de colisão com o seu partido quando assumiu a Câmara contra as recomendações do próprio PR.

E obteve o apoio político do Padre, recebendo em troca a secretaria municipal de infraestrutura, ocupada por Jorge Luis Monteiro da Silva.

É dele que ela herdou os eleitores em Bacuriteua, vila em que os dois têm forte atuação política.

Jorge Luiz, que era vereador, perdeu o mandato e ficou impedido de se candidatar, pelo estupro qualificado de uma moça de 23 anos.

E foi graças a fidelidade da vereadora ao Padre que as contas de Edson Oliveira foram reprovadas na Câmara, onde é presidente.

Com isso ela cometeu o seu harakiri na esperança de que o sacrifício não seja em vão.

Até porque se o Padre se reeleger, o que é bem difícil, convenhamos, ela deverá comandar alguma secretaria.

Fonte © #TRIBUNADOSALGADO (Foto #DRITRINDADE)
Tecnologia do Blogger.