III FICCA abrirá inscrição dia 15 de agosto



As inscrições vão de 15 de agosto até o dia 17 de setembro de 2016.
O processo é aberto a obras cinematográficas brasileiras e estrangeiras de curtas, médias, longas metragens, e documentários.
O REGULAMENTO e a FICHA DE INSCRIÇÃO serão disponibilizados em http://tribunadosalgado.blogspot.com.br/
As inscrições dos filmes que concorrerão à seleção no III FICCA serão realizadas via EMAIL (ficcacinema@gmail.com);

O FICCA já disse ao que veio.
Nesses dois anos, projetou dezenas de filmes.
Reuniu jovens em oficinas e rodas de conversas.
Rodou escolas periféricas e quilombos.

E as parcerias se expandem ainda mais em 2016.
Este ano, o II FICCA inova.
O FICCA vai premiar obras de responsabilidade social.
E homenagear atores sociais engajados na luta por um audiovisual consciente e de resistência.
Suas premiações agora são de natureza temática, artística, estética, ética, e política.

Veja as categorias analisadas pela Comissão de Juris Oficial sob a presidência do professor e realizador SÉRGIO SANTEIRO:
    Grande Prêmio do JURI, concedido pela Comissão Oficial de Juris pela sua qualidade estética, técnica, artística e política, em geral;
    Prêmio do Juri Popular, de critério livre, concedido a partir de votação popular;
    Prêmio Imagem-Tempo, que abrange as categorias cenografia, figurino, fotografia, maquiagem;
    Prêmio Imagem-Movimento, que abrange trilha sonora, montagem, roteiro, direção;
    Prêmio para filmes com temática específica sobre direitos humanos, da juventude, indígenas, e comunidades tradicionais, pescadores, extrativistas;
    Prêmio para filmes com temática específica dos direitos dos LGBTs;
    Prêmio para filmes com temática específica dos direitos das mulheres;
    Prêmio para filmes com temática específica dos direitos dos negros, das comunidades tradicionais afro-religiosas, quilombolas, e da juventude negra das periferias;
    Prêmio para filmes de caráter pedagógico, realizados em salas de aula, por professores e/ou alunos, e que sejam suporte de ensino em projetos de escolas públicas;
    Prêmio para filmes de animação, videoclips, e outras experiências audiovisuais radicais.

O III FICCA - Festival Internacional de Cinema do Caeté é uma iniciativa sem fins comerciais do Jornal TRIBUNA DO SALGADO.
Tem como parceiros a Universidade Federal do Pará - Campus Bragança; Fundação de Telecomunicações do Pará - FUNTELPA (TV e Rádio Cultura); Fundação Educadora de Comunicação; Projeto Aluno Repórter; Programa Tô na Rede; Hotéis Aruans-Casarão; Alternativo; Solar do Caeté; e Palace.

De acordo com o seu criador, o bragantino Francisco Weyl, o festival reflete sobre a lógica do mercado audiovisual, enraíza a arte cinematográfica no cotidiano das comunidades locais, conquista um novo tipo de público para o cinema, potencia a liberdade criativa, e estimula o surgimento de novos realizadores, a partir de ateliers em escolas públicas, associações comunitárias, comunidades tradicionais, e quilombolas.
Tecnologia do Blogger.