#EPIDEMIA "Mais de um jovem se mata por mês em Bragança"

Bragança > 28 de Agosto de 2016


Dados extraoficiais do sistema de segurança pública do Estado do Pará revelam que pelo menos um jovem se mata todo mês em Bragança.

Oito jovens entre 15 e 29 anos cometeram suicídio até julho deste ano.

É de notar que a maioria destes casos tem alguma relação com a rede de assistência psicológica e social.

Muitos dos que cometem suicídio são assistidos de alguma forma por CRAS e CREAS.

São pessoas comuns, amigas, jovens, em situações diversas, que precisam da ajuda da sociedade de forma global.

Sempre que uma pessoa se suicida a sociedade se abala.

E ficamos a nos perguntar o que leva um jovem a ceifar a sua vida?

O assunto ainda é tabu mas há que falar sobre o assunto.

De acordo com especialistas, morte por suicídio causa transtorno em pelo menos cinco pessoas.

Os suicídios são definidos na Classificação Internacional de Doenças-10 (CID-10) como Lesões autoprovocadas voluntariamente (categorias X60-X84).

Ano passado, o suicídio ceifou a vida de 14 jovens no Município de Bragança do Pará, número que se repetiu em 2014.

Os dados revelam a tendência de uma grave situação global.

Nos últimos 20 anos, as  taxas de suicídio podem ter crescido em até 30% em todo o mundo.

Fala-se até mesmo em epidemia entre os jovens.

A cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio no mundo.

Segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde, o Brasil é 8º país com mais suicídios no planeta.

Cerca de 25 pessoas se matam por dia no Brasil.

Em 2012, foram registradas 11.821 mortes.

9.198 homens; e 2.623 mulheres .

Em doze anos ( 2000/2012), a taxa de suicídio cresceu 10,4% no  Brasil.

Dados disponibilizados pelo DATASUS, Ministério da Saúde, e IBGE, revelam que a juventude é a maior afetada pelo suicídio.

De acordo com o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), o Nordeste Paraense registrou, em 2013, 2,8 suicídios por cem mil habitantes.

Ultrapassa 18% o percentual de pessoas entre 15 e 49 anos de idade que teriam cometido suicídio em 2013.

Entre 15 e 19 anos esta taxa é de exatos 6,7 suicídios por cem mil habitantes.
Perdas e solidão, doenças, mal estar, mortes de pessoas, dependências psico-sociais, podem estar por trás de suicídios.

Mas, o suicídio é complexo.

Os principais fatores de risco são depressão e transtornos mentais.

Além destes, há diversos fatores de risco, entre os quais:

• Doenças orgânicas incapacitantes

• Condição de saúde limitante

•Dor crônica

• Lesões desfigurantes

• Epilepsia

• Trauma medular

• Tumores malignos

• Aids

 • Perdas recentes

• Perdas de parentes na infância

• Famílias conturbadas

• Datas importantes

• Reações de aniversário

• Personalidade impulsiva, agressiva ou de humor instável

 • Transtornos do humor, como depressão

• Transtornos mentais e de comportamento do uso de substâncias, como o álcool

• Transtornos de personalidade

• Esquizofrenia

•Transtornos de ansiedade

•Comorbidade aumenta os riscos (ou seja, sofrer de alcoolismo e de depressão)




Fonte © #TRIBUNADOSALGADO (FOTO #DRITRINDADE)
Tecnologia do Blogger.