#COMÍCIO “Protesto de professor faz Padre fazer seu melhor discurso”



Bragança > 27 de Agosto de 2016

Em greve por causa do atraso no pagamento dos salários (e agora porque a prefeitura lhes pagou apenas uma parte de 60%), os professores empastelam comício de João Nelson Pereira de Magalhães à reeleição.
O ato aconteceu defronte a Igreja de São Benedito na noite desta sexta-feira (27/08). Os professores portavam faixas e cartazes, usavam um carro-som,  e se mantiveram a uma pequena distância dos cabos eleitorais.
Com a ausência da secretária municipal de educação, mas com parte se seu staff, entre estes Pedro  Persi (AGRICULTURA), Luís Eustórgio (SEMMA), e Ana Patrícia (PESCA), o Padre falou para um reduzido público composto em sua maioria por cabos eleitorais e servidores públicos.
Além dos secretários municipais, dos candidatos a vereadores da coligação Coligação Unidos por Bragança (PPS / PSB / PHS / PRB / PDT), havia no palanque também um poeta-apresentador, que intervalava as falas com versos e repentes.
Em resposta aos professores que protestavam, o candidato anunciou ações na área da educação, como construção de novas escolas, com internet, e disse que o Município adquire mais de 50% de produtos da agricultura familiar para a merenda escolar.
Quanto mais falava o candidato mais a s vaias aumentavam, embora abafadas pelo potente sistema de som do palanque.
Acuado pela pressão popular, João Nelson Pereira Magalhães fez como candidato à reeleição o seu melhor discurso, que jamais havia feito enquanto gestor, o que nos faz lembrar aquela velha máxima: o que não me mata, me fortalece.

Fonte © #TRIBUNADOSALGADO (VideoREPORTAGEM de Francisco Weyl)
Tecnologia do Blogger.