#CINEMA "Filme bragantino distinguido em Mostra Nacional"

O Bragantino San Marcelo, 29 anos, obteve o reconhecimento da Mostra Competitiva Nacional Curta Pará.
Seu documentário “Tons Bicentenário” foi distinguido com “Menção Honrosa”.
San concorreu com mais de trinta realizadores de todo o país.
A Mostra aconteceu no Cinema Olímpia, entre os dias 5 e 8 de julho de 2016.
O filme foi exibido na Abertura do I FICCA em 2014 (disponível no link https://www.youtube.com/watch?v=23r_H927sfI)

Currículum
San Marcelo presidiu a Comissão de Juris Oficial do II FICCA – Festival Internacional de Cinema do Caeté (2014).
É formado em Letras Inglês (UFPa) e pós graduando em cinema e MBA em direção de artes, atuou na TV Educadora, e coordenou a comunicação da prefeitura de Bragança.

Serviço
Menção Honrosa na categoria Melhor Curta-Metragem Documentário TONS BICENTENÁRIO
Direção: San Marcelo / Pará / Livre / 3 min / Doc
Ano de produção 2013-2014
Sinopse: Fundada em 1798, por escravos da Vila de Bragança no Pará, a Marujada de São Benedito e uma tradição religiosa e cultural dos bragantinos. O minidoc mostra um pouco desta festa cheia de cores, em preto e branco, em uma intencional busca da raiz desta manifestação afro-brasileira.
Personagem: Dona Rosa, maruja de Bragança.
P.S.: A falta de concordância no título reflete os vários tons do colorido da festa, hoje, contudo bicentenário é a cultura negra, afro, presente nesta manifestação que hoje ainda viva porém com tons menos evidente...








VENCEDORES DA II MOSTRA CURTA PARÁ DE CINEMA

Melhor Curta-metragem Ficção
QUANDO PAREI DE ME PREOCUPAR COM OS CANALHAS / Direção: Tiago Vieira / São Paulo

Melhor Curta-metragem Documentário
TOCANDO MEU DESTINO / Direção: Dandi Queiroz; Juka Morgado / São Paulo

Menção Honrosa
ATÉ A CHINA / Direção: Marcelo Marão / Rio de Janeiro

Mostra Competitiva Curta Pará Regional

Melhor Curta-metragem Ficção
CASA VELHA / Direção: Wesley Rodrigues e Luiza Chedieck / Pará

Melhor Curta-metragem Documentário
CATADORES DE SONHOS / Direção: Homero Flávio e Ursula Vidal / Pará

Menção Honrosa
TONS BICENTANARIOS / Direção: San Marcelo / Pará

Júri Popular

Melhor Curta-metragem Mostra Competitiva Curta Pará Nacional
O SEGREDO DA FAMÍLIA URSO / Direção: Cíntia Domit Bittar/ Santa Catarina

Melhor Curta-metragem Mostra Competitiva Curta Pará Regional
ÉDEN / Direção: Luísa Elis / Pará

Júri Oficial
Andrei Miralha – artista visual, animador, responsável pelo Laboratório de Animação da Fundação Cultural do Pará e sócio do Iluminuras-Estúdio de Animação
Dedé Mesquita – jornalista, crítica da associação de críticos de cinema do Pará (ACCPA) e especialista em estudos sobre cinema e sociedade.
João Cirilo Neto – artista visual, mestre em artes e técnico em gestão cultural do Cine Líbero Luxardo.

Mais informações em http://curtapara.com/

Fonte © #TRIBUNADOSALGADO
Tecnologia do Blogger.