#‎SUSPENSO‬ > “Dilma acaba com PARFOR” >


A notícia é um tiro no pé da própria marca “Pátria educadora”, publicidade enganosa, cujos débitos agora caem na conta do Ministro intelectual Renato Janine Ribeiro. Por falta de recursos, ele próprio mandou suspender as atividades do Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica – PARFOR, previstas para acontecer entre junho e agosto de 2015.
Em nota oficial (FOTO) dirigida aos coordenadores do PARFOR, o coordenador geral do programa no Pará, Márcio Lima do Nascimento, diz que o problema não atinge apenas a UFPa e nem ocorre por um problema interno da instituição, que tem o maior contingente em formação no país. De uma só vez, o Governo conseguiu prejudicar cerca de 20 mil professores-alunos, que assistem às aulas do programa. Só na UFPa, o PARFOR conta com 265 turmas, em andamento, acrescida de 62 novas turmas que teriam início nesta etapa agora suspensa. Programadas para iniciar no próximo dia 29/06/2015, as ações do PARFOR - sem dinheiro - não puderem sequer ser planejadas, já que carecem de logísticas, solicitações de passagens e diárias.
PARFOR - O Plano Nacional de Formação é destinado aos professores em exercício das escolas públicas estaduais e municipais sem formação adequada à LDB. Cerca de 40 mil professores atuam nas redes públicas do Estado do Pará, sem a formação legalmente exigida para atuação em território nacional. Por isso mesmo, o PARFOR oferece cursos superiores públicos, gratuitos e de qualidade, com a oferta cobrindo os municípios de 21 estados da Federação, por meio de 76 Instituições Públicas de Educação Superior, das quais 48 Federais e 28 Estaduais, com a colaboração de 14 universidades comunitárias.
Resultado da ação conjunta do Ministério da Educação (MEC), de Instituições Públicas de Educação Superior (IPES) e das Secretarias de Educação dos Estados e Municípios, no âmbito do PDE - Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação – que estabeleceu no país um novo regime de colaboração da União com os estados e municípios, respeitando a de autonomia dos entes federados, o PARFOR é um programa que forma professor que ainda não possui nenhuma graduação e ainda possibilita uma segunda licenciatura aos professores em exercício na educação básica pública que, embora já licenciados, atuem em área ou disciplina distinta daquela de sua formação inicial.
Além disso, o Plano de Ações Articuladas (PAR) do PARFOR propõe uma Primeira Licenciatura, destinada aos professores em exercício na Educação básica e que não possuem nenhuma graduação; uma Segunda Licenciatura àqueles em exercício na Educação Básica, porém fora da sua área de formação específica (ex: professor de História ministrando aulas de Sociologia); e uma Formação Pedagógica aos Bacharéis em exercício na Educação Básica, porém sem a formação pedagógica que lhe garanta o efetivo exercício da docência na sua especificidade (ex: o engenheiro civil ministrando aulas de matemática).
Fonte © ‪#‎TRIBUNADOSALGADO‬
(Texto: Francisco Weyl, com informações do PARFOR / Foto: Imagem da NOTA OFICIAL da Coordenação do Parfor-Pará).
Tecnologia do Blogger.