‪#‎CULTURA‬ > “Bragança vai à Feira do Livro” >


Belém recebe até dia sete de junho, no Hangar, a XIX Feira Pan-Amazônica do Livro. Palestras, minicursos, conferências, noites de autógrafos, apresentações teatrais, são algumas das atividades programadas. A feira é um verdadeiro caleidoscópio de culturas, a começar com pelo Japão, país homenageado, sem esquecer as manifestações dos criadores e fazedores de arte e de cultura paraenses e amazônicos.
Entre as diversas atividades programadas que envolvem o município de Bragança e a cultura da Região, podemos destacar a ação do projeto “Aluno Repórter: A imprensa na escola”. Com uma equipe de oito pessoas, sendo quatro estudantes e quatro professores, o projeto levou parte de sua estrutura de radio e TV para a Feira. Sob a coordenação do “Educador Destaque - Escola Voluntária”, o professor e radialista Beto Amorim, o projeto coloca em cena jovens estudantes de escolas públicas, que se transformaram em jornalistas e fizeram uma cobertura total da feira, dias 30 e 31de maio, sábado e domingo passados.
Claro que – além de atuarem ativamente na cobertura dos eventos, os alunos do projeto aproveitaram também para visitar os estandes, comprar livros, conversar com autores, assistir palestras e cursos, contações de estórias, e apresentações diversas de musica e dança e teatro. E ainda receberam um certificado emitido pelo Núcleo Tecnológico de Bragança (NTE).
Além das ações do “Aluno Repórter”, o município de Bragança marca presença com a apresentação da Marujada de São Benedito, prevista para esta noite, dia dois de junho; o lançamento do livro “Três lados da moeda”, de Denis Girotto Brito (no estande do escritor paraense); e a presença dos imortais da Academia de Letras do Brasil – Seccional Bragança – ALB-BRAGA, esta a convite da Academia Paraense de Letras – APL (ambas a acontecer no dia 6 de junho, sábado).
Fonte © ‪#‎TRIBUNADOSALGADO‬
(Texto: Francisco Weyl / Foto meramente ilustrativa de Dri Trindade)
Tecnologia do Blogger.