‪#‎CINEMA‬ > “Casa Familiar Rural de Gurupá vira filme” >




As experiências da juventude com educação, sociedade, política e cultura, na Casa Familiar Rural de Gurupá, são reveladas num filme documentário, que estreia nesta sexta-feira, 12 de junho, na Escola de Teatro e Dança da UFPa, 17H. A obra “Saberes da juventude Amazônia”, foi produzida e realizada no âmbito do Projeto de Pesquisa “Práticas Formativas da Juventude Trabalhadora no Ensino Médio Integrado”. Produção do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho e Educação - Escola do Trabalho (GEPTE), com financiamento CAPES/Obeduc, sendo realizadores os pesquisadores Ronaldo Lima Araujo e Francisco Weyl, diretor da‪#‎TRIBUNADOSALGADO‬.
Fundada em 1998, às margens do Rio Uruaí (afluente do Rio Amazonas), a Casa Familiar Rural de Gurupá/CFRGPA é administrada por uma associação de famílias camponesas do município de Gurupá, Pará, em uma área de várzea de aproximadamente 42 hectares. Em sistema de alternância pedagógica (tempo escola/estudo e trabalho/comunidade), a Casa oferta turmas no ensino fundamental e médio técnico, em sua forma integrada, para os alunos oriundos de diferentes comunidades da região: ribeirinhas, quilombolas e assentadas.
É uma experiência pedagógica integradora que articula os saberes locais e universais, entre a base comum da escola e a formação técnica específica. Por ser um projeto de educação e de sociedade fomentado pela organização de trabalhadores do campo que assumem uma perspectiva contra hegemônica, a experiência de educação desenvolvida na CFR de Gurupá precisa ser valorizada.
Durante as filmagens, entretanto, as atividades do projeto estavam interrompidas para fins de avaliação de ensino. Nesse processo, associados e monitores se reúnem e socializam suas experiências, algumas das quais reveladas por egressos neste filme documentário, que trata da percepção de jovens sobre educação e sociedade, a partir das experiências que praticam na Escola Familiar Rural de Gurupá.


Ficha Técnica e Artística:
Título do Filme: SABERES DA JUVENTUDE AMAZÔNIA
Gênero: DOCUMENTÁRIO
Ano de Produção: 2015
Tempo de duração: 22 minutos
ROTEIRO, PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO:
Francisco Weyl / Ronaldo Marcos de Lima Araujo
OPERAÇÃO DE CÂMERA, DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA E MONTAGEM: Francisco Weyl
TRILHA SONORA: Heitor Villa-Lobos

Projeto de Pesquisa “Práticas Formativas da Juventude Trabalhadora
no Ensino Médio Integrado”.
COORDENAÇÃO:
Ronaldo Marcos de Lima Araujo (Universidade Federal do Pará)
Ramon de Oliveira (Universidade Federal de Pernambuco)
Fernando Selmar Fidalgo (Universidade Federal de Minas Gerais)
BOLSISTAS: Aline Cristina Guerreiro Siqueira / Ana Maria Raiol da Costa
EXECUÇÃO: GEPTE - Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho e Educação
- Escola do Trabalho
FINANCIAMENTO: CAPES/Obeduc

Fonte © #TRIBUNADOSALGADO
(Texto: Francisco Weyl e Ronaldo Lima Arauo / Foto: arte do DVD)
Tecnologia do Blogger.