#‎INTERNET‬ > Audiência Pública discutirá Internet em Bragança


Até a primeira quinzena de junho, o gerente regional da Agência Nacional de Telecomunicações – ANATEL, nos Estados do Pará, Maranhão e Amapá, Sr. Carnot Luiz Braun Guimarães, deverá dizer como anda o tráfego e a cobertura dos serviços de internet no Município de Bragança.
A Prefeitura Municipal pediu à ANATEL – via ofício datado de 26 de março de 2015 - uma análise para verificar se as redes disponíveis são suficientes para a prestação de um serviço de qualidade no Município. A Prefeitura também quer saber se as empresas prestadoras de serviço de internet (operadoras e não operadoras) estão atuando dentro do que lhes foi autorizado, inclusive no concernente a quantidade de usuários.
O cenário é considerado grave pela maioria dos usuários. Eles afirmam que ao navegar, naufragam na baixa qualidade da conexão, consequentemente numa baixa velocidade de downloads/uploads. Ou seja, estão a pagar - e caro - por um serviço que nem usam.
E se em Bragança, a transmissão de dados é demasiado lenta, os usuários, consequentemente, dispensam muito mais tempo para utilizar a rede mundial de computadores. Isso vale para todos, para quem tem telefone celular conectado e para quem não tem internet em casa, mas dispõe de recursos para ir a um dos Cyber do Município.
De acordo com os indicadores do site Cidades Sustentáveis, a referência para Bragança é de que 100% dos cidadãos tenham acesso integral à banda larga, entretanto, o percentual de domicílios com acesso à internet de banda larga no Município ainda está muito distante desta meta. E toda esta exclusão das políticas nacionais e regionais setoriais das quais Bragança está tão longe se torna ainda mais grave quando, por exemplo, não conseguimos nem localizar o Município num mapa divulgado pelo Comitê Gestor de Internet do Brasil, que “identifica” a qualidade da conexão à internet no Brasil, (http://indicadores.cidadessustentaveis.org.br/…/domicilios-…).
Consideradas as queixas dos usuários e do mesmo modo a ausência de políticas e metas locais para a questão da Internet, a Prefeitura quer mobilizar a sociedade para uma Audiência Pública, a ter lugar na Câmara Municipal de Bragança, com a presença do Ministério Público, Ordem dos Advogados do Brasil, Defensoria Pública, entre outras instituições e organizações da sociedade civil. Ainda sem data definida, a Audiência deverá acontecer tão logo o Gerente Regional da Anatel faça a análise do quadro real e indique quais as medidas que serão necessárias à melhoria na qualidade dos serviços de internet no Município.


Fonte © Texto e Foto ‪#‎TRIBUNADOSALGADO‬
Tecnologia do Blogger.