‎DOCUMENTÁRIO‬ > “Cabra marcado” na sessão cineclubista do ‪#‎FICCA‬


O Atelier de Artes e Práticas Audiovisuais exibe nesta quarta, 6 de maio, o filme “Cabra marcado para morrer”, de Eduardo Coutinho. Com apoio da UFPa, o Atelier é um projeto vinculado ao Festival Internacional de Cinema do Caeté – FICCA, que tem como objetivo formar jovens no campo audiovisual pela via de estudos, projeções e minicursos, com entrada franca e certificação institucional da UFPa. O filme tem duas horas de duração, tendo sido rodado inicialmente à preto e branco, em 1964, e finalizado à cor no ano de 1985. Os intervalos das filmagens deve-se ao fato da obra ter sido proibida pela censura no período da Ditadura Militar. No documentário Eduardo Coutinho “narra” a história do agricultor João Pedro Teixeira, pelas falas de sua viúva, Elizabeth Teixeira. A sessão está marcada para às 19hs desta quarta, 6 de maio, no auditório da UFPa-Campus Bragança.
© ‪#‎TRIBUNADOSALGADO‬
Tecnologia do Blogger.