Bragança pauta Economia Solidária

Na contramão da obsessão capitalista pela sociedade do consumo e do trabalho, a Economia Solidária valoriza ao ser humano e as autogestões (coletivas) de associações e cooperativas e as suas consequentes relações de produção, consumo, distribuição e comercialização de bens e serviços.

O movimento nacional por experiências desse tipo cresce em todo o país, ocupando novos espaços no mercado e mesmo nas instituições de ensino e pesquisa, que pautam o tema via cursos acadêmicos, técnicos e profissionais.

De olho nesta alternativa, a Casa do Empreendedor, vinculada a Secretaria de Administração da Prefeitura de Bragança, realiza este final de semana, sob a orientação do Professor-Mestre João Cláudio Arroyo, uma oficina que vai tratar, entre outros assuntos, de educação, redes de cooperação, finanças e comercialização em economia solidária.

Dirigidas preferencialmente – mas não exclusivamente – a empreendedores, educadores, gestores, estas oficinas potencializam a comunidade para conhecer e atuar de forma especializada neste campo (rede de economia solidária) que cresce de forma vertiginosa em todo o planeta.



FORMAÇÃO - Arroyo informa que Bragança entra na rota das diversas oficinas regionais que mobilizam a comunidade paraense para o Curso de Formadores em Economia Solidária, ofertado pela Universidade Federal do Tocantins – UFT em parceria com o Centro de Formação em Economia Solidária (CEFES) e a Escola Estadual de Economia Solidária do Pará (ESOL). Além de Bragança, também estão a receber estas oficinas os municípios de Cametá, Xinguara, Marabá, Santarém, Santa Luzia do Pará, e Belém. O curso começará oficialmente em outubro. No total serão formadas 420 pessoas, divididas pelos estados do Amapá, Pará e Tocantins. 

As aulas desta formação, entretanto, acontecerão à distância e terão a duração de quatorze meses, divididos em dois blocos, sendo o primeiro de seis meses – de caráter geral - e o segundo de, oito meses – de caráter específico, quando, então, os participantes escolherão qual especialidade seguir, de acordo com os temas definidos ao longo do processo de estudos da formação. 

Serviço: Oficina de Formação em Economia Solidária. Organização: Centro de Formação em Economia Solidária CFESAmazônia II (TO, PA e AP) / Apoio: Prefeitura de Bragança - Casa do Empreendedor / Coordenação: Mônica Oliveira (local) / Sônia Carvalho (regional) / João Arroyo (estadual). Dia 27/09, das 10hs às 17hs / Local: Auditório da UBS do Taíra (Avenida Polidoro Coelho, S/Nº - Bragança).

TEXTO © TRIBUNA DO SALGADO
Tecnologia do Blogger.