Mutilação genital feminina na cena do FICCA







A primeira obra cinematográfica internacional que chega para o Festival Internacional de Cinema do Caeté vem de Lisboa, Portugal, e tem um a menção acerca da Mutilação Genital Feminina que ainda é praticada sobre crianças nas comunidades islâmicas. Rodado em 2013, o drama “Bobo”, de Inês Oliveira, envolve a ligação entre Portugal e a Guiné Bissau. O filme, que estreou ano passado, no Festival de Toronto, e no Brasil na Mostra de S. Paulo.


A narrativa trata da vida de Sofia, que vive isolada num velho apartamento de família onde até o pó parece ser preservado. A pedido da sua mãe chega Mariama, uma jovem guineense, para ajudar a cuidar da casa e do seu filho. Mas onde está este filho que nunca vemos? Bobô, irmã mais nova de Mariama, vai despertar em Sofia uma vontade de sair do casulo. Atrás do seu sorriso confiante, Mariama atormenta-se com a ameaça da mutilação genital feminina a que Bobô está prestes a ser submetida... O encontro entre Sofia e Mariama fá-las confrontarem-se com os seus fantasmas.


“Bobo” tem a produção de Fernando Vendrell e Luís Alvarães; Maria José Branco e Nuno Gabriel Melo na direção de arte; a direção de fotografia é de Daniel Neves; e a montagem é de Rui Mourãio, Patrícia Saramago, Inês Oliveira.


O I Festival Internacional de Cinema do Caeté acontecerá no município de Bragança, Pará, entre os dias 12 e 15 de Dezembro de 2014. O FICCA destaca o papel do cinema, do vídeo e da produção audiovisual em geral na construção de uma sociedade mais justa e solidária, sendo, portanto, uma jornada cultural sem fins lucrativos que tende a inverter a lógica do mercado audiovisual para potencializar a liberdade criativa.


O espaço é aberto para filmes e/ou vídeos curtas, médias e longas metragens de qualquer gênero ou temática. Cada realizador poderá submeter apenas uma obra ao FICCA.


Os interessados deverão preencher e assinar a ficha de inscrição e enviá-la para:


I FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DO CAETÉ - FICCA


Avenida Marechal Floriano Peixoto, 1650 / Centro – Bragança – Pará – CEP: 68600-000 / CONTATOS: FICCA (ficcacinema@gmail.com) / Francisco Weyl (carpinteirodepoesia@gmail.com) / TELEFONES: (91) 96 42 20 18 / 88 21 24 19 / Regulamento disponível no sítio http://www.ficcafestival.blogspot.com


© FICCA #TRIBUNADOSALGADO








Tecnologia do Blogger.