O sol-realismo maranhense e o cinema Bragantino

Enquanto uma serpente do tamanho de uma ilha cresce adormecida nas galerias subterrâneas da cidade de São Luís, os ludovicenses enfrentam situações surreais para seguirem vivendo em meio a um cotidiano bruto, mas não percebem que estão passando por tal situação. O real e o imaginário caminham juntos nessa história que dá iní­cio a um movimento: o solrealismo.





Esta é a sinopse de “Louises, SolRealismo Maranhense”, considerado um dos primeiros longas-metragens maranhenses, filme  que chega para o Festival Internacional de Cinema do Caeté – FICCA, cujas inscrições prosseguem até setembro de 2014.






A produção do filme informou na ficha de inscrição que “Louises, SolRealismo Maranhense” resulta de uma produção colaborativa, onde todos doaram seus trabalhos acreditando na transformação que esse filme pode trazer.

“Louises, SolRealismo Maranhense” é uma ficção de 75 minutios, rodada em 2013 e realizada pelo “Éguas Coletivo Audiovisual”, com produção de Keyci Martins; direção de arte de Kenny Mendes; direção de fotografia e câmera de Lucian Rosa, Bem Hur Real, Kenny Mendes e Nadia Biondo; edição e montagem de Lucian Rosa; e trilha sonora de Marcos Belfort, Eurico Matos, Carlos Junior, Neto Correia, Criolina, Zeca Baleiro, Ricardo Passos.



O I Festival Internacional de Cinema do Caeté acontecerá no município de Bragança, Pará, entre os dias 12 e 15 de Dezembro de 2014. O FICCA destaca o papel do cinema, do vídeo e da produção audiovisual em geral na construção de uma sociedade mais justa e solidária, sendo, portanto, uma jornada cultural sem fins lucrativos que tende a inverter a lógica do mercado audiovisual para potencializar a liberdade criativa.
O espaço é aberto para filmes e/ou vídeos curtas, médias e longas metragens de qualquer gênero ou temática. Cada realizador poderá submeter apenas uma obra ao FICCA.
Os interessados deverão preencher e assinar a ficha de inscrição e enviá-la para:
I FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DO CAETÉ - FICCA
Avenida Marechal Floriano Peixoto, 1650 / Centro – Bragança – Pará – CEP: 68600-000 / CONTATOS: FICCA (ficcacinema@gmail.com) / Francisco Weyl (carpinteirodepoesia@gmail.com) / TELEFONES: (91) 96 42 20 18 / 88 21 24 19 /  Regulamento disponível no sítio http://www.ficcafestival.blogspot.com

© FICCA #TRIBUNADOSALGADO
Tecnologia do Blogger.